Beauty

Coluna Fernanda Nichelle: Tratamento a Laser

Escrito por  | 

Atualmente, há muitas técnicas que auxiliam no combate ao envelhecimento. Uma delas é a técnica que utiliza o raio laser, que é formado por partículas de luz (fótons) concentradas e emitidas em forma de um feixe contínuo.

O laser é indicado para todas as pessoas que queiram algum tipo de melhora relacionada à pele. O feixe usado em tratamento a laser remove a camada externa da pele, chamada de epiderme, e simultaneamente aquece a pele subjacente, chamada de derme. Esta ação estimula o crescimento de novas fibras de colágeno. À medida que a área tratada cicatriza, a nova pele que se forma será mais lisa e firme. Esse tratamento funciona como um peeling profundo e renova as camadas da pele em pouco tempo.

O interessante é que não há idade minima para o uso de tratamento. Hoje sabe-se que até bebês são submetidos a aplicação de laser – Laser Nd Yag, por exemplo – para tratamento de hemangiomas, que são manchas avermelhadas na pele. É claro que, para cada caso, existe um tipo diferente de laser – e um benefício exclusivo também.

A emissão de luz interage e estimula a produção de colágeno – substância que dá sustentação e firmeza à pele – por isso melhora a qualidade do tecido cutâneo e diminui a flacidez. Existem também lasers que atuam no tratamento de vasos, de pêlos, de manchas e cicatrizes.

Cuidados pré e pós procedimento

Antes de começar as fazer sessões de laser, o mais importante é procurar um médico atualizado e treinado na área. É essa pessoa que fará uma avaliação da real necessidade de tratamento e de preparação da pele para receber a energia da pulsação.

Outra ressalva é que, apesar da possibilidade de o tratamento com laser ser realizado no verão, a pele não pode estar bronzeada. Uma boa dica para facilitar as comparações e observar os resultados é fotografar a região a ser tratada, antes e após a realização do laser.

Depois do procedimento, a região que foi submetida ao tratamento costuma ficar avermelhada e quente. Uma ardência, como se você tivesse tomado sol durante muitas horas, também pode aparecer. Esse desconforto passará em aproximadamente quatro horas e depois não restará mais nada além de um inchaço no rosto. A pele pode ficar mais escura no dia seguinte – reação comum do tratamento.

Nos dias posteriores ao tratamento, a paciente deverá hidratar o rosto com frequência para favorecer a descamação e a renovação celular. O protetor solar e o hidratante são o básico indispensável após o tratamento. Depois, conforme a indicação do médico, cremes específicos também farão parte da manutenção.

Resultado

O resultado começa a aparecer a partir de dez dias e melhora progressivamente até seis meses após o tratamento. Entretanto, para que os benefícios do tratamento possam ser definitivos, tudo dependerá da idade e da boa alimentação da paciente. O estímulo da célula dura um ano, mas no caso das manchas, podem surgir outras novas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *