Beauty

Hidratação, nutrição e reconstrução capilar: você sabe a diferença entre eles?

Escrito por  | 

A exposição diária do cabelo à poluição, calor ou substâncias químicas, como no caso de produtos descolorantes ou alisadores, acabam levando à perda de nutrientes dos fios, os deixando mais porosos, menos resistentes, com pouco brilho e quebradiços. Portanto, para mantê-los sempre saudáveis é imprescindível a realização de alguns procedimentos responsáveis por trazer de volta os componentes que são fundamentais às madeixas.

Dentre os principais estão: hidratação, nutrição e reconstrução. Mas você sabe quais de fato são as diferenças entres esses três tratamentos capilares? Abaixo, Carlos Correa, gerente de produtos e pesquisa da Mahogany, marca especializada em produzir e comercializar a mais completa linha de cosméticos de alto padrão do país, esclarece, de uma vez por todas, qual é mais recomendado segundo cada caso. Confira:

HIDRATAÇÃO

Carlos explica que a hidratação nada mais é que uma reposição de água nos fios. “Os cabelos perdem água naturalmente com a exposição ao vento, sol e ar condicionado. Por isso, é recomendo que seja feita a partir do uso de máscaras hidratantes quando sentir que os fios não estão com a quantidade adequada de queratina, como forma de preservar a estrutura dos fios e manter o brilho e a maciez do cabelo”, sugere.

Segundo o especialista, os componentes hidratantes mais comuns são: aloe vera (babosa), extratos vegetais de plantas ou frutas, pantenol, vitaminas, mel e açúcares e glicerina. Quanto à frequência, o gerente indica que ocorra ao menos uma vez na semana.

NUTRIÇÃO

Os fios que estão necessitando de nutrição geralmente apresentam uma aparência estática e sem maleabilidade. “A nutrição é feita com o objetivo de repor vitaminas e minerais que estão em falta nos fios. O ideal é que seja feita antes de realizar a hidratação para garantir eficiência nos seus resultados”, aponta.

Com relação aos ativos que possuem a função nutritiva, se destacam: óleos vegetais, manteigas vegetais e ceramidas. “É indicado é que seja realizada ao menos uma vez a cada 15 dias com um creme específico para nutrição”, diz.

RECONSTRUÇÃO

“Esse tratamento é para os cabelos que precisam de força, principalmente aos que passaram por alguma química ou descoloração. Ele repõe colágeno, proteína e age internamente, no córtex capilar”, explica. Carlos reforça que é importante que seja feita antes da nutrição ou da hidratação, a fim de garantir melhores resultados.

O especialista comenta que a reconstrução usualmente é feita com máscaras que contenham queratina, colágeno, arginina, cisteína, creatina e proteínas e deve ser executada no máximo duas vezes por mês, pois, quando em excesso, pode deixar os cabelos quebradiços.

O gerente ainda reforça sobre a importância da avaliação de um profissional. “É sempre necessário conversar com um especialista para que ele possa fazer um diagnóstico completo e preciso da condição que se encontram os fios, indicando assim o melhor tratamento”, ressalta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *