Moda

Como escolher a roupa perfeita para ti

Escrito por  | 

O segredo para se vestir bem em diferentes ocasiões é ter um guarda-roupas enxuto e inteligente, com peças versáteis, que se adequem ao seu estilo e corpo.

Mas chegar até esse ponto não é fácil. É preciso passar por uma longa jornada de auto-conhecimento, ficar ligada nas tendências e – por que não? – contar com uma ajudinha profissional.

Escolher a roupa perfeita é uma arte e, por sorte, a internet está aí com muito conteúdo disponível para nos ajudar nessa jornada. Para trazer algumas dicas legais para vocês, conversei com Giselle Loyola, ex-modelo, especialista em consultoria de estilo, organização de closets e malas de viagem. Ela trabalha na Bespoke Life, uma empresa especializada em planejar e organizar residências, empresas, eventos e viagens.

bespoke

Marcia Primo Costa e Giselle Loyola, da Bespoke Life

 

 

Para Giselle, a roupa perfeita é aquela que combina com seu corpo e seu estilo. Uma roupa de boa qualidade, bom corte e confortável. “Uma boa peça é, antes de tudo, corte e caimento, ou seja, é preciso também escolher pela qualidade do que se vai comprar e investir em básicos duráveis”, explica Giselle. Para ela, básico durável é aquele atemporal, calça alfaiataria, camisa branca, blazer preto bem cortado e um clássico pretinho básico.

Além desses cuidados, é preciso também experimentar as peças para conferir como a roupa fica no corpo. “Escolher o que me cai bem é sempre um mix de autoconhecimento e um olhar apurado de moda”, enfatiza.

 

guarda-roupas

 

Mas, antes de iniciar as compras, é importante fazer uma limpeza geral no guarda-roupas. “O ideal seria quando comprar uma, sair outra e evitar comprar itens repetidos”, indica. A sugestão é tentar tirar as peças que não são usadas mais que 2 vezes ao ano. Isso evita o armazenamento de roupas que não são tão úteis e facilita a organização.

Feito isso, é importante traçar um roteiro de compras ou elaborar uma lista do que ainda falta no closet. Isso é importante, já que, com foco, evitamos compras e gastos desnecessários. O tipo de corpo, estilo pessoal e o dia a dia da pessoa são levados em conta na hora de traçar esse roteiro.

bespoke life

 

Saber reconhecer o próprio corpo e estilo são ferramentas, também, de empoderamento pessoal: “não é para ficar pensando que não pode usar o mesmo look da capa da revista ou da vitrine da loja preferida, é para entender que dá para adaptar aquele look e fazer dele um diferente, todo seu, que tem sua marca e personalidade”, finaliza Giselle.

bespoke -

 

No Facebook, a marca dá também algumas dicas para organizar melhor seu guarda-roupas. Olha que legal essas sugestões para te ajudar a se conhecer e a identificar o teu estilo:

  • Busque pessoas públicas que sejam referência para você na hora de se vestir. Colete fotos de looks que agradaram e depois procure modelos similares que caiam bem em você.
  • Tire fotos de você mesma, de corpo inteiro, sob diversos ângulos. Assim, você terá uma noção visual mais exata do seu biotipo e dos modelos que podem valorizar as suas formas.
  • Valorize os pontos fortes do seu corpo. Procure peças que destaquem as partes que você mais gosta.
  • Pense na sua rotina. Por exemplo, se você tem crianças pequenas, será difícil usar salto alto no dia a dia. Agora, se você é uma executiva, pode ser que salto alto e terninho sejam obrigatórios. Liste suas tarefas e prioridades e busque as melhores soluções para o seu contexto.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *