Colunistas

Flavinha Mello: Vineria 1976

Escrito por  | 

Hoje é dia da coluna da Flavinha Mello minha amiga e chef maravilhosa! Ela vai contar para vocês da experiência dela no Vineria 1976, um bar super charmoso em Porto Alegre que celebra o vinho e a boa comida. A coluna tá imperdível, cheia de informações bacanas e com fotos lindas!

Flavinha Mello

Coluna da Flavinha Mello: Vineria 1976

Beber um bom vinho não é mais privilégio de especialistas. O wine bar VINERIA 1976 chegou para mudar a relação que o Brasil tem com o vinho. A ideia é descomplicar o ritual e democratizar a bebida, tornando-a mais acessível ao público.

Conhecedores e amantes do vinho serão bem-vindos e encontrarão mais de 70 rótulos de diferentes lugares do mundo. Mas o Vineria 1976 tem a missão de engajar novos consumidores, apresentando a bebida para quem não conhece aromas e não se preocupa com regras de harmonização na hora de degustar um bom vinho.

Crédito: Estúdio Haluz

Crédito: Estúdio Haluz

O conceito da nova casa, os proprietários Priscilla Fabris Ortiz e René Ormazabal Moura trouxeram da Europa. O casal morou cinco anos em Londres e frequentou bares especializados na capital inglesa e em países produtores da bebida, como França, Itália e Espanha.

Crédito: Estúdio Haluz

Crédito: Estúdio Haluz

 

Crédito: Estúdio Haluz

Crédito: Estúdio Haluz

O nome do novo bar em Porto Alegre é uma referência clássica ao vinho, e a numeração (1976) refere-se ao ano do Julgamento de Paris, no qual a conceituada degustação às cegas de vinhos franceses para a escolha do “melhor do mundo” foi vencida por vinhos californianos. Fato marcante que até virou filme em Hollywood (procure por “O Julgamento de Paris”).

Em 1976 foi a primeira vez que um vinho fora da Europa se sagrou o preferido dos jurados e este acontecimento foi um marco no mundo do vinho, atraindo a atenção dos consumidores para novos produtores do chamado ‘Novo Mundo’. É esse conceito de abrir horizontes e descobrir novas bebidas, sem ditar regras, que queremos trazer para o Vineria 1976”, me contou René.

Crédito: Estúdio Haluz

Crédito: Estúdio Haluz

Assim como nos vinhos, o cardápio oferece uma diversidade de pratos que exploram aromas e sabores, valendo-se da sazonalidade de ingredientes para oferecer opções que acompanhem as ofertas de vinhos. Tudo é muito saboroso.

Destaque para o pão da casa feito com vinho tinto, a croqueta de barriga de porco com goiabada, o risoto de cordeiro com abóbora e gengibre e o bolinho de chuva com calda de chocolate. O polvo passou por uma releitura. Ele é apresentado com tentáculos inteiros e acompanhado por um trio de batatas em diferentes cocções.

 

Crédito: Estúdio Haluz

Crédito: Estúdio Haluz

Crédito: Estúdio Haluz

Crédito: Estúdio Haluz

Crédito: Estúdio Haluz

Crédito: Estúdio Haluz

Crédito: Lenara Petenuzzo

Crédito: Lenara Petenuzzo

Crédito: Lenara Petenuzzo

Crédito: Lenara Petenuzzo

Crédito: Lenara Petenuzzo

Crédito: Lenara Petenuzzo

Os vinhos em taça são selecionados semanalmente e sempre às terças e quartas temos o WINE HOUR (das 18h às 20h), que oferta sequência de taças a preço promocional. Todas as primeiras terças de cada mês a Vineria também promove a WINE CLASS, com degustação dos vinhos estudados no dia. As vagas são limitadas.

Decór confortável

O decór reafirma o conceito bar, com mesas longas, sofás e poltronas, proporcionando conforto e descontração para quem busca saborear o vinho sozinho ou acompanhado.

A Vineria 1976 abriga três ambientes com diferentes personalidades. Primeiro uma sala menor, para aqueles que procuram mais aconchego, tranquilidade, ambiente intimista ou até exclusividade, pois o espaço pode ser fechado para até 16 pessoas.

Crédito: Estúdio Haluz

Crédito: Estúdio Haluz

Depois, a sala entre o bar e a cozinha tem o charme de estar à frente da adega de ferro, com todos os vinhos expostos, além de possibilitar que o cliente observe os pratos sendo finalizados pelo chef no balcão. Nesse ambiente, há a mesa compartilhada, que reúne diversos grupos e abriga muitas histórias de novas amizades formadas por taças de vinhos.

Crédito: Estúdio Haluz

Crédito: Estúdio Haluz

Crédito: Estúdio Haluz

Crédito: Estúdio Haluz

Para finalizar, o jardim, o maior espaço, que acomoda as festas e eventos exclusivos. O jardim tem cobertura de vidro e, para o inverno, está protegido com toldos, calefação e mantinhas para aquecer os clientes, que adoram sentar ao ar livre mesmo nos dias mais gelados.

Crédito: Estúdio Haluz

Crédito: Estúdio Haluz

Proprietários

Priscilla Fabris Ortiz é Mestre em Marketing pela London Metropolitan University e trabalhou numa agência do grupo WWP em Londres, além do Grupo RBS, Grupo DIMED, tendo também lecionado na Unisinos.  

René Ormazabal Moura cursou MBA em Wine Business Management e trabalhou com o comércio de vinhos na Inglaterra. René também desenvolveu o projeto da Bodega Sossego, vinícola da família com vinhedos em Uruguaiana, na Campanha Gaúcha. Possui três vinhos já no mercado: o Campaña Cabernet Sauvignon, Campaña Chardonnay e o recém lançado espumante Campaña Chardonnay-Chardonnay.

 

Onde fica

Vineria 1976
Praça Dr. Maurício Cardoso, 49 – Moinhos de Vento – Porto Alegre – RS
Telefone (51) 3557-4764

 

 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *