Carlos Eduardo Tagliari

Carlos Eduardo Tagliari: cirurgia plástica e câncer de mama

Escrito por  | 

O desenvolvimento de técnicas cirúrgicas para reconstrução da mama teve crescimento exponencial ao longos dos anos e incluiu uma equipe multidisciplinar para o tratamento físico e emocional das mulheres acometidas por doenças mamárias, especialmente o câncer.

Na década de 1990, nasce o movimento conhecido como Outubro Rosa, para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.

bc3e4e_61074e5106354616bfadca8df7ab9241-mv2

A reconstrução da mama acometida pela doença e a simetrização da mama contralateral são incumbência do cirurgião plástico. Existem várias técnicas para a realização do procedimento, desde as mais simples até cirurgias complexas que envolvem microcirurgia.

Quanto mais cedo for detectado um câncer na mama, mais “fácil” e rápido será o tratamento, com menores taxas de complicações e cicatrizes com melhor qualidade estética.

A utilização de próteses de silicone pode ser contraindicada em pacientes que necessitaram de radioterapia. Porém, ainda são de grande utilidade na maioria dos casos precoces de tratamento.

Por ser um dos principais tipos de câncer envolvendo mulheres, e devido a toda carga física e emocional que envolve seu tratamento, é que o movimento Outubro Rosa vem ganhando tamanha notoriedade mundial.

cancerdemama2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *