Carlos Eduardo Tagliari

Carlos Eduardo Tagliari: Mastopexia com Prótese de Silicone

Escrito por  | 

Para as mulheres, as mamas significam muito mais que sua função fisiológica, a amamentação. São símbolo de feminilidade. Seu aspecto influencia diretamente a autoestima feminina e estabelece padrões de comportamento que, por sua vez, interferem positiva ou negativamente na vida sexual e no sucesso comportamental, afetivo e até profissional da mulher.

A queda ou ptose das mamas pode ocorrer por questões genéticas, com o envelhecimento, após perda de peso ou pós amamentação. Alguns do sinais característicos dessa queda são a perda do contorno do colo mamário, perda do volume da mama, bem como sua projeção, flacidez e queda do tecido mamário por sobre o sulco da mama, o que torna necessário a ressecção da pele mamária excedente e a colocação de próteses de silicone para restaurar o volume, o contorno da mama e a consistência mais firme ao toque. A cirurgia de Mastopexia é definida como elevação, fixação e remodelamento das mamas, o que envolve, como já citado, forma, consistência e volume.

Diferentes técnicas e volumes de próteses podem ser considerados em casa caso, sendo indispensável uma avaliação pré-operatória detalhada.

Um outro aspecto que pode ser avaliado e corrigido no mesmo tempo cirúrgico se refere aos tamanhos da aréola e mamilo. Estes, se excessivamente grandes, podem ter seu formato e projeção suavizados, buscando maior naturalidade e adequação à mama.

Esta é uma cirurgia praticamente indolor, com rápida recuperação e retorno às atividades, com cicatrizes apresentando ótima evolução e sendo muito bem aceitas pelas pacientes.

Informe-se mais sobre este procedimento e sobre como ele pode te ajudar a melhorar a autoestima.

***
Carlos Eduardo Tagliari
Cirurgião Plástico
Membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *