Beauty

Cutículas: tirar ou não?

Escrito por  | 

Hoje vamos falar de um assunto que já rendeu muita discussão: a cutícula. A grande questão levantada e debatida inúmeras vezes é se devemos ou não cortá-las. Esse hábito de tirar as cutículas antes de passar o esmalte é bem brasileiro. Manicures de outros países, muitas vezes, nem possuem alicate entre seus instrumentos de trabalho. 

Mas e a pergunta que não quer calar: tirar ou não a cutícula? 

De acordo com dermatologistas, não se deve tirar a cutícula! Por quê? Essa pelinha tão polêmica tem a função de proteger a unha da entrada de micro-organismos e produtos químicos. Além disso, muitas estéticas ainda não possuem o aparelho para esterilizar os alicates, resultando no perigo de transmitir doença entre as clientes.

Depois de um tempo sem retirar ou cortar, aquelas peles arrebentando somem e a cutícula fica fininha para sempre, sem deixar a pele avermelhada. 

Além disso, o número de manicures a favor de não retirar a cutícula das clientes está crescendo. Elas garantem que o contorno fica ainda mais bonito após a pintura e o esmalte dura por mais tempo. Uma dica é empurrar bem a cutícula e remover o excesso com um palito. 

 

Mas as mulheres que desejam parar de remover as cutículas devem mantê-las sempre muito bem hidratadas. Eu particularmente sou fã da Cera Nutritiva Unhas e Cutículas da Linha Pink da Granado. O produto deixa as cutículas macias e hidratas e promove a sua regeneração. Eu passo a cera todos os dias nas unhas, espalhando-a bem até que ela seja completamente absorvida.

 

Texto originalmente publicado em 2015. Link aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *